Seu navegador não suporta JavaScript!

Novos procuradores-chefes do MPT tomam posse em Brasília

Ações

MPT Notícias

Filtro

Filtre matérias por:

Instruções de busca

Escolha qualquer combinação dos argumentos acima para encontrar Matérias do MPT posteriores à 21 de maio de 2015. Para matérias anteriores utilize as opções de ano/mês de Arquivo..

02/10/17 Procuradoria-Geral do Trabalho

Novos procuradores-chefes do MPT tomam posse em Brasília

A solenidade foi conduzida pelo procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury. A nova gestão é para o biênio 2017/2019

Brasília -  O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, empossou nesta segunda-feira (2) os 24 novos procuradores-chefes do Ministério Público do Trabalho (MPT) em solenidade em Brasília.  A gestão será para o biênio 2017/2019.  “Quero agradecer pela disposição de vocês em assumirem o cargo. Ser procurador-chefe é um desafio enorme. Mas garanto, pela experiência minha quando fui chefe no MPT-DF, que é um período de aprendizagem de relacionamento humano, com os colegas, servidores e a sociedade”, destacou Fleury que deu um conselho a todos: ”É imprescindível ter humildade. Isso não tem nada a ver com segurança. Ao contrário, para ter humilde tem que ser muito seguro. Boa continuação para quem foi conduzido e bem-vindo quem vai começar sua gestão”.

A procuradora Adriana Augusta de Moura Souza, reconduzida à chefia do MPT de Minas Gerais, foi escolhida para falar em nome dos outros chefes. Ela falou de sua experiência na primeira gestão. “Nesses últimos dois anos tivemos que reaprender a gerir o orçamento. Nós tivemos que utilizar vastos conhecimentos para chegar ao final do exercício financeiro. Não foi fácil tomar decisões.  Mas somos chefes para tomar decisões, sejam elas indesejadas ou não”.  Disse ainda que o momento é de união, conjunção de esforços e coragem. “Estamos num momento extremamente complicado. Mas saibam que temos na PGT e nos conjuntos de procuradores e servidores dessa casa as possibilidades de fazermos uma gestão eficiente. E é isso que o Brasil e o Ministério Público exigem de gente. Sejam bem-vindo os novos e sucesso para a gente”.

A importância da função de procurador-chefe de uma regional do MPT foi também destacada pela vice-presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Ana Cláudia Bandeira Monteiro.   “No sistema que nós vivemos de administração descentralizada, a presença de cada um de vocês em cada estado é fundamental para que o MPT se fortaleça cada vez mais como instituição e como referência para os trabalhadores e para a sociedade de parte do Estado”. Ela explicou que quando se está no cargo de chefe se observa a instituição sob um outro ponto de vista, por dentro. “A experiência traz a consciência de que representar o MPT é uma responsabilidade, mas também um privilégio de estar ali em nome desta instituição, que é reconhecida por todos”, ressaltou ela, que já foi chefe do MPT-DF.

O conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), procurador Sebastião Caixeta, parabenizou os novos chefes e seus sucessores. “As instituições vivem de ciclos de gestores.  Assim como vocês, eu também estou entrando agora no CNMP e aprendendo. Mas desde já coloco-me a disposição de todos para ajudar. O CNMP tem a função de fazer essa integração e vou colaborar para isso”.

Participaram da posse o vice-procurador-geral do Trabalho, Luiz Eduardo Guimarães Bojart; o corregedor-geral, subprocurador  Maurício Correia de Mello;  o ouvidor do MPT, Rogério Rodriguez Fernandez Filho, e demais subprocuradores e procuradores do trabalho, além de servidores e familiares dos empossados.  

PRT  1ª Região (Rio De Janeiro)
Procurador-chefe: Fabio Goulart Villela (recondução)

PRT 2 Região (São Paulo)
Procurador-chefe:  Erich Vinicius Schramm (recondução)

PRT 3ª Região (Minas Gerais)
Procurador-chefe: Adriana Augusta De Moura Souza (recondução)

PRT 4ª Região (Rio Grande do Sul)
Procurador-chefe: Victor Hugo Laitano

PRT 5ª Região (Bahia)
Procurador-chefe: Luís Carlos Gomes Carneiro Filho

PRT 6ª Região (Pernambuco)
Procurador-chefe: Adriana Freitas Evangelista Gondim

PRT 7ª Região (Ceará)
Procurador-chefe: Francisco José Parente Vasconcelos Junior

PRT 8ª Região (Pará e Amapá)
Procurador-chefe: Paulo Isan Coimbra da Silva Júnior

PRT 9ª Região (Paraná)
Procurador-chefe: Gláucio Araújo de Oliveira (recondução)

PRT 10ª Região (Distrito Federal de Tocantins)
Procurador-chefe: Erlan José Peixoto do Prado

PRT 11ª Região (Amazonas e Roraima)
Procurador-chefe: Jorsinei Dourado do Nascimento

PRT 12ª Região (Santa Catarina)
Procurador-chefe: Quézia de Araújo Duarte Nieves Gonzalez

PRT 13ª Região (Paraíba)
Procurador-chefe: Carlos Eduardo de Azevedo Lima

PRT 14ª Região (Rondônia e Acre)
Procurador-chefe: Camilla Holanda Mendes da Rocha

PRT 15ª região (Campinas)
Procurador-chefe: Maria Stela Guimarães De Martin

PRT 16ª Região (Maranhão)
Procurador-chefe: Luciano Aragão Santos

PRT 17ª Região (Espírito Santo)
Procurador-chefe: Valério Soares Heringer

PRT 18ª Região (Goiás)
Procurador-chefe:  Tiago Ranieri

PRT 19ª Região (Alagoas)
Procurador-chefe:  Rafael Gazzanéo Júnior (recondução)

PRT 20ª Região (Sergipe)
Procurador-chefe:  Emerson Albuquerque Resende

PRT 21ª Região (Rio Grande do Norte)
Procurador-chefe: Luis Fabiano Pereira

PRT 22ª Região (Piauí)
Procurador-chefe:  Ednaldo Rodrigo Brito da Silva

PRT 23ª Região (Mato Grosso)
Procurador-chefe:   Marcel Bianchini Trentin (recondução)

PRT 24ª região (Mato Grosso Sul)
Procurador-chefe:  Leontino Ferreira de Lima Júnior

 

 

Assunto(s)
Atuação do MPT
Procuradoria-Geral do Trabalho - Assessoria de Comunicação - Tel. (61) 3314-8222
Conteúdo Complementar
${loading}